VIOLÊNCIA

Jovem era estuprada pelo padrasto há onze anos

O acusado foi preso na tarde desta quinta-feira (04), por policiais civis, no município de Vicência

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/08/2016 às 23:59
Leitura:
Manoel Antônio de Souza Filho (acusado de estuprar a enteada). Foto: Polícia Civil/Divulgação

Sob ameaça, uma jovem – que não teve o nome divulgado por questões de segurança – sofreu violência sexual em silêncio por 11 anos. Antônio de Souza Filho, conhecido pelo apelido de “Manezinho” foi detido na tarde desta quinta-feira (04), no município de Vicência, na Mata Norte do estado, por agentes da Polícia Civil de Pernambuco, sob a direção do delegado Von Romeu Candido no cumprimento de um mandato de prisão por estupro da enteada desde que ela tinha 10 anos.

Hoje com 21 anos de idade, a vítima, que vivia com a mãe e o padrasto, sofre com problemas de locomoção – o que a deixou mais vulnerável à violência – , ela era proibida de estudar e submetida pressão psicológica por parte do acusado.

Antônio ameaçava a família da jovem de morte caso ela contasse a alguém o abuso sofrido, atitude que fez com que a garota suportasse calada durante todos esses anos. O acusado foi submetido a exame traumatológico e recolhido a Cadeia Pública de Vicência, onde ficará a disposição da justiça.

Mais Lidas