CRIME

Polícia desarticula quadrilha que agia na Região Metropolitana do Recife

Dois suspeitos ainda são procurados: Hugo Silva de Freitas, 24 anos, e Dimas Rodrigues Mendes de Souza, de 23

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 05/08/2016 às 16:25
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira / Rádio Jornal


A Polícia Civil de Pernambuco procura por Hugo Silva de Freitas, 24 anos, e Dimas Rodrigues Mendes de Souza, de 23, suspeitos de integrar a quadrilha desarticulada esta semana pela Operação Crate. De acordo com a investigação, Hugo comandava o tráfico de drogas na comunidade Ilusão, em Jardim Paulista Baixo, no município do Paulista e Dimas, que trabalhava como segurança em uma fábrica de plástico, ajudava no tráfico e nos roubos a estabelecimentos comerciais e veículos.

Outras oito pessoas foram presas durante a iniciativa da polícia iniciada em dezembro de 2015. Entre os presos está Renilson da Silva Santos, 22 anos, apontado como o líder do grupo que agia em Paulista, Recife e Abreu e Lima. O delegado Ivaldo Pereira, responsável pela operação, detalha como o grupo era articulado.

Entre os presos na operação também está o policial militar Luiz Nascimento da Silva, conhecido por Lelico, de 50 anos. Segundo a investigação, o PM tem antecedentes criminais. Ele já foi preso na Operação Xeque Mate, em 2009, permanecendo 2 anos e 10 meses detido e, em 1999, foi acusado de latrocínio, roubo seguido de morte. o delegado ivaldo pereira diz como o pm era envolvido.

Os presos durante a operação foram encaminhados para o Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife. Já o policial está no Centro de Reeducação da Polícia Militar (Creed).

Mais Lidas