Polícia acredita que mais de uma pessoa foi responsável por chacina em Petrolina

Quatro pessoas foram mortas na noite dessa quarta (10). Um adolescente de 18 anos poderia ter sido mais uma vítima, mas voltou para casa mais cedo

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 11/08/2016 às 15:23
Leitura:
Delegado Marceone Ferreira está investigando o caso
Foto: Divulgação


A polícia já ouviu um adolescente de 18 anos que poderia ter sido mais uma vítima da chacina na qual morreram quatro pessoas em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, na noite dessa quarta-feira (10). Os homens estavam caçando no Sítio Macambira, Serra da Santa, na Zona Rural da cidade, quando foram assassinados. O adolescente saiu com eles, mas retornou mais cedo para casa porque iria trabalhar cedo nesta quinta (11), conforme depoimento.

As vítimas foram: Mário Nunes da Silva, 24 anos, Francisco Rodrigo Leal Vieira da Silva, 21 anos, José Idiano Pereira da Silva, 21 anos, e Hindiones Pereira da Silva, também de 24 anos. A polícia observou que nada foi levado das vítimas. Os rapazes moravam no distrito de Nova Descoberta, também na Zona Rural de Petrolina.

Ainda não há informações sobre a motivação e autoria da chacina, como explica o major do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Marcos Costa. “Fomos pegos de surpresa que havia algumas pessoas mortas num rancho de caçadores. Mandamos a guarnição e, infelizmente, foi constatado”, contou. “É uma coisa inusitada, é uma coisa que não é normal acontecer”, explicou. O delegado Magno Neves, responsável pelo caso, afirma que a polícia apontou que cada pessoa foi morta com dois ou três tiros. As investigações também apontam que o crime foi cometido por mais de uma pessoa. Algumas testemunhas já foram ouvidas, mas ainda não há indicação de nenhum suspeito do crime.

Segundo o major, quando os policiais militares chegaram no local não puderam fazer muita coisa, pois o crime havia sido cometido algumas horas antes. Ao lado dos corpos, estavam produtos da caça dos rapazes, incluindo um porco amarrado e um outro retalhado.

Mais Lidas