Quantidade de jovens mortos por balas de armas de policiais em Pernambuco choca população

Os dados sobre os casos são escassos, mas nos últimos dias três casos têm revoltado as pessoas

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 11/08/2016 às 18:30
Leitura:
Familiares e amigos não se conformam com morte de jovem Mateus Alexandre
Foto: JC Imagem


A quantidade de pessoas atingidas por balas perdidas disparadas de armas de policiais militares de Pernambuco tem assustado a população. Os dados sobre os casos são escassos, mas nos últimos dias três casos têm revoltado as pessoas. No Ibura, um sargento reformado teria atirado em um garoto de 14 anos. O menino Cauã, de 11 anos, morreu quando soltava pipa no bairro do Totó e, no Vasco da Gama, o menino Mateus, de 13 anos, foi a última vítima de balas disparadas por policiais.

Este foi o assunto da coluna A cidade e o Cidadão, desta quinta-feira (11). Graça Araújo e Ciara Carvalho, repórter do Jornal do Commercio, conversaram com a advogada Jéssica Santos, que representa a família de Mateus Alexandre. Eles devem entrar com uma ação de indenização contra o Estado, por causa da morte do garoto.

Mais Lidas