CABO DE SANTO AGOSTINHO

Depois de 8 dias, adolescente é encontrada pela polícia e é encaminhada ao Conselho Tutelar

A adolescente saiu da escola, pegou um transporte e seguiu ao encontro de Paulo Francisco, de 20 anos, que conheceu pelas redes sociais

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 12/08/2016 às 14:43
Leitura:
Foto: Isabela Dias / Rádio Jornal


Os números da violência assustam e crescem a cada dia. São diversos casos de assaltos a ônibus, arrombamentos a bancos, sequestros, estupros e assassinatos. A preocupação é grande e atinge todas as famílias. Para zelar pela segurança dos filhos, pais e mães acompanham mais de perto as idas e vindas de crianças e jovens.

No último dia 5, uma adolescente de 13 anos desapareceu em Pontezinha, no município do Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. Os pais prestaram queixa e a polícia iniciou as buscas pela jovem. Segundo as investigações, a menina foi para o colégio acompanhada da mãe, que ficou na porta até a entrada da jovem. De acordo com o delegado Alberes Félix, responsável pelo caso, a adolescente esperou a mãe ir embora, pegou um transporte e seguiu ao encontro de Paulo Francisco, de 20 anos, que conheceu pelas redes sociais.

A polícia encontrou a adolescente com a ajuda de mensagens que ela passava para amigos. Além disso, a mãe de Paulo Francisco viu a notícia sobre o desaparecimento e entrou em contato com a polícia.

A menina foi ouvida na delegacia, na presença do conselho tutelar, diante das queixas quanto ao tratamento dos pais. Ainda segundo o delegado, os pais negam maus tratos. A adolescente fez exames de corpo de delito e foi entregue para o conselho tutelar. As investigações do caso vão prosseguir para identificar eventual fato que caracterize crime de maus tratos.

Mais Lidas