INSEGURANÇA

Fim de semana violento registra 48 homicídios em Pernambuco

Só da madrugada de domingo para segunda, foram 21 homicídios no Estado. Sensação de insegurança é cada vez maior entre a população

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 15/08/2016 às 15:41
Leitura:

A insegurança em Pernambuco é sentida pela população nas ruas, avenidas, transporte público e no comércio. Mas o medo se estende quando as pessoas encontram delegacias fechadas, sucateadas e sem previsão de começar a investigação dos crimes.

De acordo com balanço feito pelo repórter policial Eliel Alves, da Rádio Jornal, só neste fim de semana, foram registrados 48 homicídios em Pernambuco. O maior índice foi da madrugada desta segunda-feira, quando 21 pessoas morreram, 11 na Região Metropolitana do Recife e 10 no interior do Estado.

Para o presidente do Sindicato da Polícia Civil de Pernambuco, Áureo Cisneiros, a falta de investimentos nas delegacias e profissionais são fatores que provocam esse alto índice de violência.

Ainda segundo Áureo Cisneiros, cerca de 80% dos crimes não são investigados e algumas delegacias fecham no fim de semana. A delegacia de Carpina, na Zona da Mata do Estado, é uma das que estão sucateadas.

Confira os detalhes na reportagem de Juliana Nascimento:

Em nota, a Secretaria de Defesa Social informou que a lista das estatísticas de violência é divulgada mensalmente. Dados preliminares da SDS apontam que de um até nove de agosto, 108 pessoas morreram em Pernambuco vítimas de crimes letais.

Nesta quarta-feira (17), está prevista uma reunião entre policiais civis e o secretário de administração, Milton Coelho, na sede do órgão a partir das 15h. No encontro, os policiais vão entregar a pauta de reivindicação da categoria.

Mais Lidas