CRIME

Operação Spectrums desarticula quadrilha que desviou mais de 2 milhões

Os envolvidos no esquema de lavagem de dinheiro chegavam a receber R$ 60 mil reais por mês

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 15/08/2016 às 20:54
Leitura:
Imagem Ilustrativa

O funcionário público Paulo Jorge Albuquerque de Oliveira foi preso no último sábado (13) e enviado a cadeia pública de Goiana, Zona da Mata Norte de Pernambuco acusado na Operação Spectrums por lavagem de dinheiro, peculato e associação criminosa. O empresário estava foragido e escondido em uma pousada localizada na praia de Pipa, no estado do Rio Grande do Norte. De acordo com informações da Polícia Civil, Paulo Jorge, é suspeito de ser o chefe de uma quadrilha que desviava dinheiro público por meio de folha de pagamentos da prefeitura de Goiana.
Confira na matéria de Juliana Oliveira

As investigações começaram em junho deste ano e foi identificado um rombo de quase dois milhões e meio de reais durante o mandato do prefeito Henrique Fenelon, entre os anos de 2009 a 2012. De acordo com informações da Polícia, funcionários laranjas eram usados para que o desvio fosse realizado. Os envolvidos no esquema chegavam a receber R$ 60 mil reais por mês.

Mais Lidas