REIVINDICAÇÕES

Indígenas cobram melhores condições da educação nas tribos pernambucanas

Representantes de 11 tribos indígenas ocupam a sede da Secretaria de Educação de Pernambuco e não têm previsão para deixar o local

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/08/2016 às 14:52
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira/ Rádio Jornal

Pela primeira vez, desde que ocuparam há dois dias a Secretaria de Educação de Pernambuco, no bairro da Várzea, Zona Oeste do Recife, representantes dos 11 povos indígenas do Estado deixaram, nesta terça-feira (16), que a imprensa entrasse no local para ver o acampamento.

São quase mil índios que estão no local para reivindicar melhores condições da educação nas tribos no Sertão e Agreste pernambucanos. Eles alegam que só vão sair da secretaria quando se reunirem com o governador Paulo Câmara, o secretário de Educação, Frederico Amâncio, e o secretário da Fazenda, Marcelo Barros.

Confira os detalhes na reportagem de Clarissa Siqueira:

O acampamento é pacífico e dentro do local permanecem os seguranças da secretaria. Os índios instalaram barracas de camping nas áreas externas e nos corredores há colchonetes e redes. Equipes para limpeza e cozinha foram montadas entre eles. Enquanto as tribos estão acampadas, os serviços da Secretaria de Educação permanecem parados.

Por meio de nota, a Secretaria de Educação disse que tenta dialogar com os representantes dos povos indígenas e espera uma resposta deles.

Mais Lidas