BRASÍLIA NEWS

Ausência de Temer no encerramento das Olimpíadas causa constrangimento

O presidente interino enviou carta ao Primeiro Ministro japonês, causando constrangimento diplomático à comitiva do Japão

Postado por Maria Luísa Ferro
Postado por Maria Luísa Ferro
Publicado em 22/08/2016 às 7:54
Leitura:
Foto: Marcelo Camego/Agência Brasil

Sobrou para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), representar o presidente interino Michel Temer e ser alvo das vaias no Maracanã, na cerimônia de encerramento das Olimpíadas neste domingo (21). Ausente da festa, Temer encaminhou uma carta ao Primeiro Ministro japonês Shinzo Abe, causando constrangimento diplomático à comitiva do Japão, que vai ser sede das Olimpíadas em 2020.

O Palácio do Planalto ainda tentou um encontro do presidente com o Primeiro Ministro, mas a agenda de Abe já estava lotada. Em um dos parágrafos da carta, Michel Temer diz que espera um encontro futuro entre os dois. O presidente interino já tinha sido blindado na abertura do evento, em 5 de agosto, quando os organizadores do evento evitaram mostrar imagens de Temer nos telões do Maracanã e não anunciar o nome dele durante a abertura.

A programação na agenda de Michel Temer é de que em 7 de setembro, logo após participar do desfile em Brasília, o presidente interino viaje para o Rio de Janeiro para participar da abertura das Paraolimpíadas. Isso se o Senado confirmar o Impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, e Temer assumir a presidência definitivamente. Durante a semana, o Planalto divulga uma série de reportagens nas redes sociais do governo na internet para comemorar os 100 dias do Governo Temer.

Confira mais informações no Flash de Romoaldo de Souza:

Mais Lidas