ENTREVISTA

Raul Jungmann respira aliviado: "Olimpíada foi um banho de autoestima"

Ministro da Defesa fez balanço da Olimpíada Rio 2016 na Rádio Jornal

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 22/08/2016 às 9:25
Leitura:
Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil

Em entrevista ao quadro Passando a Limpo desta segunda-feira (22), o Ministro da Defesa Raul Jungmann fez seu balanço pessoal dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e respirou aliviado: "A minha medalha de ouro eu ganhei ontem quando ouvi todo o Maracanã cantar Asa Branca e se incendiar ao som de Vassourinhas. Pra mim foi o fim de uma tensão enorme dos últimos 30 dias e posso dizer que essa Olimpíada é uima unanimidade: foi um banho de autoestima que o Brasil estava precisando".

Ouça a seguir a entrevista completa:

Ministro lembrou as especulações e críticas feitas a respeito dos riscos da realização dos jogos no Brasil. "Eu lembro que nós sofremos ataques especulativos. O primeiro foi a Zika, depois o da infraestrutura, que começou com os australianos, e depois a questão da segurança, mas conseguimos superar tudo isso", comemorou.

Sobre a segurança, Raul detalhou "as Forças Armadas se prepararam minuciosamente pra isso. Na minha área houve zero casca de banana". De acordo com o ministro exatamente o mesmo contingente deve permanecer no Rio de Janeiro para as os Jogos Paralímpicos, que começam no dia 7 e vão até 18 de setembro.

A respeito dos desafios dessa Olimpíada Raul destacou que seguramente foi mais dificil lidar com o nosso "terrorismo interno" do que com a possível ameaça de ataques terroristas, pois segundo ele o maior desafio no Brasil é a violência e a criminalidade das cidades.

PÓS-OLIMPÍADA

Questionado por Geraldo Freire sobre a segurança no país agora que passou a Rio 2016, Raul Jungmann contou que ontem, no encerramento, teve uma conversa com o Comandante do Exército e o Ministro da Justica, e definiu que é preciso procurar fazer alguma coisa sem demora pois uma das chagas não superadas no país é a questao da segurança. E prometeu: "Espero em breve poder voltar pra dar algumas diretrizes sobre isso" no seu programa.

Mais Lidas