POLÍCIA

Assaltantes de bancos são presos em apartamento de luxo na Zona Sul

No apartamento dos assaltantes a polícia encontrou explosivos, cocaína, carros de luxo e quase R$ 5 mil, além de outros equipamentos

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 23/08/2016 às 14:42
Leitura:
Delegado Paulo Berenguer (E)
Foto: Juliana Oliveira/ Rádio Jornal


Explosivos, cocaína, coletes à prova de bala, toucas ninja, munições, além de cartões de créditos, folhas de cheque, carros de luxo e quase R$ 5 mil em espécie foram apreendidos pela Polícia Civil dentro de um apartamento na Rua dos Navegantes, no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife.

Todo o material pertence a uma organização criminosa especializada na prática de assaltos e explosões a estabelecimentos bancários e a carros forte no Recife e Região Metropolitana.

A polícia localizou os suspeitos durante investigação, iniciada após um assalto a carro forte no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, em junho deste ano. Sete pessoas foram presas dentro do imóvel.

O grupo era liderado por uma mulher identificada como Claudia Josefa Aguiar, de 41 anos, e pelo companheiro dela o Luís Davi da Silva Júnior, vulgo Babi, que segundo a polícia morava no estado do Ceará. Mas desde janeiro deste ano estaria residindo e praticando crimes no Recife.

Confira os detalhes na reportagem de Juliana Oliveira:

Materiais apreendidos com o grupo

O delegado responsável pelo caso, Paulo Berenguer, disse que Claudia era a responsável por atrair quem desejasse ingressar para o crime. Na ação de junho, quando houve a investida contra um carro forte, Claudia atuou como motorista na fuga.

Ainda segundo o delegado, a polícia está em diligência por mais quatro pessoas que estariam envolvidas no mesmo grupo criminoso.

Os suspeitos presos foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico, porte ilegal de armas, falsificação de documentos, porte ilegal de armas, assaltos a carros forte, posse de explosivo entre outros.

Os homens foram encaminhados ao Cotel, em Abreu e Lima, e as mulheres foram encaminhadas para a Colônia Penal Feminina Bom Pastor.

Mais Lidas