CRIME

Candidato suspeito de pedofilia diz ser vítima de motivação política

O candidato a vereador do Recife suspeito de pedofilia, Jamerson Dantas, ganhava a confiança das crianças e as ameaçava para que não contassem à família

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 24/08/2016 às 16:31
Leitura:
Foto: Isabela Dias/Rádio Jornal


O candidato a vereador do Recife, Jamerson Dantas de Oliveira, 35 anos, foi encaminhado ao Cotel, em Abreu e Lima, na tarde desta quarta-feira (24). Jamerson foi preso no bairro de Caixa D’água, em Olinda.

Segundo as investigações, Jamerson ganhava a confiança das crianças para se aproximar e as ameaçava para que não contassem para a família. De acordo com o gestor do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), o delegado Ademir Oliveira, o primeiro caso denunciado foi o de um menino de 13 anos.

Ouça outros detalhes na reportagem de Isabela Dias:



O candidato, suspeito de pedofilia, teria abusado do garoto quando a criança estava sozinha em casa, no bairro da Linha do Tiro, Zona Norte do Recife. O outro caso é de uma menina que teria sido estuprada em 2014, quando tinha 10 anos. O abuso a uma terceira vítima, um menino de oito anos, também está sendo investigado.

Jamerson prestou depoimento e realizou exames no Instituto de Medicina Legal (IML). O gestor do DPCA acredita ainda que outras crianças também podem ter sido vítimas do homem e orienta que as famílias devem procurar a delegacia para prestar queixa. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 3184-3579.

Mais Lidas