VIOLÊNCIA

Suspeito é morto durante tentativa de assalto a caçadores de Pokémon

Dois suspeitos tentaram roubar o celular de uma mulher que jogava Pokémon GO no Bairro do Recife. Um homem atirou contra os assaltantes, deixando um morto e outro ferido

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 24/08/2016 às 6:15
Leitura:
Grupo de amigos jogava Pokémon GO quando foi interceptado por dois assaltantes. Foto ilustrativa: reprodução/internet


O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está investigando uma tentativa de assalto que terminou com a morte de um suspeito no Bairro do Recife, área central da capital pernambucana, na noite deste terça-feira (23). Outro suspeito está hospitalizado. O responsável pelos disparos não foi identificado. Ouça no flash de Eliel Alves:

De acordo com a Polícia, dois homens teriam abordado um grupo de amigos que jogava Pokémon GO próximo à Torre Malakoff. Os suspeitos estariam em uma moto roubada e usando simulacros de armas quando abordaram uma mulher e anunciaram o assalto.

Leia também: Bandidos roubam celulares de jogadores de Pokémon GO em Caruaru

Metrô e Celpe alertam jogadores do aplicativo Pokémon Go

Um homem, que ainda não foi identificado, mas pode ser um policial à paisana, atirou contra os assaltantes. Isaias do Santos Silva foi socorrido para o Hospital da Restauração e o segundo suspeito, que estava sem documentos de identificação, morreu no local. O cabo Diniz, do 16º Batalhão da Polícia Militar, faz uma síntese do que foi apurado no local do crime.

Isaias dos Santos não tem previsão de alta. Quando estiver fora de perigo e for liberado, será autuado por assalto e levado para o Centro de Triagem Cotel, em Abreu e Lima. O corpo do outro suspeito morto durante a tentativa de assalto permanece no Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, área central do Recife, a espera de familiares para reconhecimento.

OUTRA MORTE

Pouco mais de uma hora depois, policiais militares interceptaram um trio que estava roubando um carro na Rua Jacauna, na Iputinga, Zona Oeste do Recife. A troca de tiros ocorreu na frente do Centro Espirita Vicente de Paula.

O ex-presidiário por latrocínio Jeferson Anderson da Silva foi baleado e morreu no local. Anderson Rodrigo Gomes dos Santos, de 21 anos, foi levado para a Central de Plantões e o adolescente de 17 anos até o Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente.

Confira outras notícias de incidentes envolvendo caçadores de Pokemon:

Motorista provoca acidente em Santa Catarina ao caçar pokemons

Mulher vai caçar Pokemons dentro de cemitério nos EUA e fica presa em árvore

Por causa do Pokemon Go, mulher descobre ter sido traída pelo namorado

Jogadores invadem sex shop na Inglaterra atrás de Pokemons

Mais Lidas