IMPEACHMENT

Aliados e oposição prontos para o depoimento de Dilma Rousseff

O depoimento da presidente afastada está marcado para a manhã desta segunda (29), no Senado Federal

Postado por Maria Luísa Ferro
Postado por Maria Luísa Ferro
Publicado em 29/08/2016 às 8:36
Leitura:
Foto: José Cruz/Agência Brasil

A presidente afastada Dilma Rousseff discursa na manhã desta segunda-feira (29) no Senado Federal, para seguir o julgamento do Impeachment. Caso o discurso da presidente seja mais agressivo, assim como os dos senadores que a apoiam, os governistas prometem subir o tom. Caso o discurso seja um tom mais respeitoso, como tem feito o líder do PT, Humberto Costa, os senadores que apoiam o Impeachment prometem ser mais cordiais.

A votação do relatório do Impeachment deve se iniciar nesta terça-feira (30). Dilma Rousseff perde o mandato se 54 senadores votarem a favor do relatório. Neste caso, ela será cassada e ficará oito anos sem poderes políticos. Mas, caso ela consiga 27 votos para rejeitar o relatório, o que significa um terço dos senadores, o processo de impeachment será arquivado e ela imediatamente reassume a presidência da República.

Na hipótese de o relatório ser aprovado pelo Senado, o presidente interino Michel Temer será chamado ao Congresso Nacional para assinar o termo de posse e jurar proteger a República.

13 ex-ministros, o ex presidente lula, chico, leticia sabatella, lideres cut e mst estão entre os convidados da presidente Dilma Rousseff. Já a advogada de acusação, Janaina Paschoal, enviou uma lista de 30 convidados para o Senado, entre eles advogados e lideres de movimentos que apoiaram o processo.

A Rádio Jornal transmite os detalhes do julgamento. Sintonize AM780 ou FM90.3.

Confira mais detalhes no flash de Romoaldo de Souza:

Mais Lidas