FALTA DE SERVIÇOS

Agências que foram explodidas continuam fechadas na Mata Norte

Cidades como Condado e Macaparana sofrem com os deslocamentos para agências de outras cidades

Maria Luísa Ferro
Maria Luísa Ferro
Publicado em 31/08/2016 às 9:44
Leitura:
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Moradores de municípios da Mata Norte de Pernambuco estão sofrendo com a privação de serviços básicos como recebimento de salários e aposentadorias após a explosão de agências bancárias na região. A cidade de Macaparana teve a agência arrombada em abril deste ano, e até agora, seis meses depois, a agência ainda não foi reaberta.

Os moradores, principalmente idosos, reclamam dos deslocamentos para agências de outras cidades, onde muitas vezes passam por constrangimentos. A cidade de Condado, que teve a agência explodida em 12 de agosto deste ano, vem passando por quedas no movimento do comércio.

Saiba mais no flash de Ramos Silva:

SOLUÇÕES
Em reunião com o Procon Pernambuco e as Secretarias de Defesa Social e Justiça e Direitos Humanos, representantes do Banco de Brasil e da Caixa Econômica Federal prometeram apresentar um cronograma de reabertura dos estabelecimentos que foram alvo de investidas criminosas.

Mais Lidas