JULGAMENTO

A duas semanas do julgamento, família de Artur Eugênio fala a imprensa

O médico foi assassinado em maio de 2014. O mandante do assassinato de Artur Eugênio aguarda a decisão da justiça

Maria Luísa Ferro
Maria Luísa Ferro
Publicado em 01/09/2016 às 11:27
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal

A duas semanas do início do julgamento do caso Artur Eugenio, médico assassinado com quatro tiros em maio de 2014, a esposa e os pais do médico convocaram a imprensa para falar sobre o julgamento.

Saiba mais no flash de Rafael Carneiro:

No início das investigações, a Polícia tratou o caso como latrocínio, mas com o aprofundamento do caso, chegou ao indiciamento de cinco pessoas, entre elas o suspeito de ser o mandante do crime Claudio Amaro Gomes, médico e ex-sócio de Artur, e o filho dele, Claudio Amaro Filho. Para o júri que irá se iniciar, Claudio Amaro Gomes conseguiu que seu nome fosse retirado após recurso. Ele segue preso no Cotel, e aguarda decisão da justiça sobre seu julgamento.

Mais Lidas