LIBERAÇÃO

Administradora vítima de latrocínio no Cajueiro será cremada hoje

O corpo de Amanda Santos, 25 anos, está no IML e deve ser liberado na manhã desta quinta (1º). Ela morreu durante um assalto ao sair de um salão de beleza no bairro do Cajueiro

Maria Luísa Ferro
Maria Luísa Ferro
Publicado em 01/09/2016 às 8:43
Leitura:
O carro de Amanda Santos foi encontrado próximo a Ambev, em Olinda
Foto: Monica Ermírio/TV Jornal

O corpo da administradora Amanda Santos, de 25 anos, morta na noite desta quarta-feira (31) em uma tentativa de assalto no bairro de Cajueiro, Zona Norte da capital pernambucana,foi liberado pelo IML na manhã desta quinta (1º). O velório será a partir de 13h e o corpo será cremado às 18h no cemitério Morada da Paz, em Paulista.

Saiba mais no flash de Juliana Oliveira:

Amanda saia de um salão de beleza na rua Nova Betânia, quando foi abordada por três homens. Ao perceber a presença dos meliantes, deu partida no veículo, um Ecosport, e acabou sendo alvejada pelos disparos de armas de fogo. Os assaltantes retiraram a mulher do carro e fugiram em rumo ao bairro de Aguazinha, Zona Norte.

Saiba mais no flash de Rafael Carneiro:

Ela chegou a ser socorrida até o Hospital da Restauração (HR), mas não resistiu aos ferimentos e morreu. A delegada Eliane Caldas, responsável pelo registro da ocorrência, informou que o carro de Amanda foi encontrado por trás da Ambev, na Av. Presidente Kennedy, em Olinda. Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) informou que está realizando buscas na região para encontrar os três assaltantes. A Polícia ainda não tem pistas dos suspeitos.

Mais Lidas