INQUÉRITO

Família pede rapidez na investigação da morte de empresário no Recife

O empresário Sérgio Falcão foi encontrado morto, há quatro anos, em um apartamento em Boa Viagem. Família acredita que ex-segurança é autor de crime

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 01/09/2016 às 16:01
Leitura:
O empresário foi encontrado no edifício 14 Bis, em Boa Viagem
Foto: Guga Matos/Arquivo JC


O inquérito que investiga a morte do empresário Sergio Falcão, ocorrida há quatro anos no Recife, deve ser encaminhado em 60 dias ao Ministério Público de Pernambuco. O pedido foi apresentado pelo advogado da família da vítima, Ernesto Cavalcante. Ele pede a conclusão das investigações, que correm desde a época da morte.

Sergio Falcão foi encontrado morto em um apartamento no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, com um tiro na cabeça. A Polícia Civil de Pernambuco está à frente das investigações e, em um laudo inicial realizado pelo Instituto de Criminalística, foi apontado suicídio como causa da morte.

No entanto, de acordo com o advogado Ernesto Cavalcante, a família acredita que o empresário foi morto pelo sargento e ex-segurança da vítima, Jailson Melo:



Já o advogado de defesa, Inaldo José Pereira, diz que o caso foi concluído e que nada comprova a culpabilidade de Jailson Melo. Parentes da vítima pedem a autoria intelectual do suposto crime. Na época, o funcionário de Sergio Falcão foi filmado pelas câmeras de segurança do circuito interno do prédio, quando circulava no local no dia da morte com uma arma na cintura.

Em depoimento, Jailson Melo disse que foi chamado por Sérgio no apartamento e que lá o empresário teria tomado a arma e cometido suicídio.

Mais Lidas