PROTESTO

Movimentos sociais prometem série de atos "Fora Temer" em Pernambuco

O primeiro deles aconteceu nessa quarta-feira, após a aprovação do impeachment de Dilma. Ativistas são contrários ao afastamento da petista e a ascensão de Temer ao cargo

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 01/09/2016 às 6:37
Leitura:
Foto: Arquivo/Agência Brasil


O impeachment da presidente Dilma não será esquecido. Esse foi o alerta dado durante mobilização, realizada nessa quarta-feira (31/08), que começou no Derby e terminou na praça da independência. O ato foi programado por movimentos sociais e estudantis após a aprovação do impeachment no Senado.

Os movimentos sociais vão construir nos próximos dias uma agenda de protestos intitulados “Fora Temer”. A integrante do “Fórum de mulheres” e da “Frente Povo sem medo”, Ingrid Farias, analisou o afastamento definitivo de Dilma Rousseff:

Leia também: Manifestantes protestam no Recife contra impeachment de Dilma Rousseff

"É GOLPE"

Os ativistas são contrários ao afastamento de Dilma, a ascensão de Michel Temer ao cargo de presidente e ao seu ministério. Com faixas e cartazes, eles afirmavam que o afastamento definitivo de Dilma da presidência é um golpe.

Mais Lidas