CASO CARLINHOS

Empresário argentino, pai de Carlinhos, é procurado pela Interpol

O empresário argentino, Carlos Attias, sumiu no final do ano passado com o garoto e não foram mais vistos

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 02/09/2016 às 16:56
Leitura:
Foto: Reprodução

O empresário argentino Carlos Attias agora é procurado pela Interpol em 192 países. O nome dele foi incluído na lista internacional depois que a Polícia Federal foi acionada pelo Ministério Justiça com o objetivo de encontrá-lo.

Ele desapareceu com o filho Carlinhos, de 6 anos, em dezembro do ano passado e desde então não foram mais vistos.

Na prática, o foragido teve a prisão preventiva decretada no Brasil e nos países que integram a polícia internacional, como explica Giovani Santoro, chefe de comunicação da Polícia Federal em Pernambuco. “A importância [da medida] é que a gente agora passa a restringir cada vez mais o campo de atuação dele”, destacou.

LEIA TAMBÉM

Polícia revela que Janderson não se arrepende de ter sumido com a filha

Confira os detalhes na reportagem de Rafael Carneiro:

A mãe do garoto e ex-mulher do empresário, Cláudia Budoux, pediu ajuda ao Grupo de Operações Especiais (GOE) em fevereiro deste ano e essa notícia reacende a esperança de ter o filho retirado depois da separação. “Eu vejo que agora as coisas estão realmente caminhando. Eu estou muito feliz com esse mandado de prisão contra o pai do meu filho”, disse.

RELEMBRE O CASO

O menino foi levado ilegalmente no fim do ano passado pelo pai, o empresário argentino Carlos Attias e, até o momento, não se sabe o paradeiro da criança. A última vez em que foi visto pela família brasileira foi no dia 25 de dezembro de 2015.

Quem tiver informações sobre o menino Carlinhos ou sobre o pai, Carlos Attias, é só entrar em contato com o Disque Denúncia Pernambuco no 3421-9595.

Mais Lidas