INSEGURANÇA

Suspeito de assaltar cartório na Encruzilhada é morto em investida

Dois homens tentaram assaltar um cartório na Encruzilhada, mas foram surpreendidos por um policial à paisana

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 02/09/2016 às 15:09
Leitura:
Curiosos observam movimentação no local
Foto: Erick França/ Rádio Jornal


Um homem suspeito de assaltar um cartório de registro civil foi morto, na tarde desta sexta-feira (2), na Estrada de Belém, no bairro da Encruzilha, na Zona Norte do Recife. Um policial militar à paisana foi quem reagiu à investida e baleou o assaltante.

Edigleison Edmilson de Barros Souza, de 27 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo nas regiões do tórax, cabeça e perna. Ele é suspeito de ter tentado assaltar o estabelecimento.

A polícia também informou que uma mulher que estava passando pelo local no momento dos tiros, também foi atingida. Ela foi conduzida para o Hospital Português. Segundo o delegado, houve troca de tiros.

O perito criminal Antônio Neto disse que foram 15 lesões em todo corpo do suspeito e que ele pode ter sido atingido por uma arma calibre doze.

O policial militar foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife.

Confira os detalhes no flash de Erick França:

O engenheiro Antônio Fernandes relata os momentos de pânico. “Os dois bandidos entraram, e um menino chegou perto de mim e disse ‘é um assalto’. Eu até pensei que ele”, disse. “Quando eu olhei para trás eu vi os dois bandidos já recolhendo os celulares, pedindo dinheiro, anunciando que era um assalto”, contou a vítima, acrescentando que a dupla recolheu pertences como celulares e alianças dos clientes e dinheiro do cartório.

Segundo informações iniciais, o outro suspeito também teria sido baleado, mas conseguiu fugir.

Mais Lidas