CULTURA

Do erudito ao popular no concerto de 10 anos da Orquestra Criança Cidadã

A apresentação da Orquestra Criança Cidadã contou com homenagens e premiações

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 03/09/2016 às 2:04
Leitura:

A Orquestra Criança Cidadã celebrou os 10 anos de atividade em um concerto no Teatro Luiz Mendonça, localizado no Parque Dona Lindu, na Zona Sul do Recife. A apresentação começou por volta das 20h. Familiares, amigos e apoiadores do projeto lotaram o teatro para prestigiar os jovens. O evento contou ainda com a participação da violinista japonesa Yoko Kubo, em sua terceira apresentação no país.

Mais informações no flash da repórter Caroline Santos:

No repertório, clássicos eruditos e da música popular brasileira. O público pôde apreciar de Carmem Miranda à Maestro Sivuca. A pedagoga Maria do Carmo Holanda é freqüentadora assídua das apresentações do grupo e não economizou elogios ao projeto. “Acho um projeto grandioso, se tivessem várias pessoas que fizessem mais projetos como este de cultura seria maravilhoso”, destacou.

Do lado de fora do teatro um pequeno tumulto formou-se devido a algumas pessoas que não conseguiram adquirir ingressos para o evento. Frustrado por não conseguir entrar para acompanhar a apresentação da orquestra, o servidor público Paulo Roberto criticou a distribuição. “Não foi entregue a quantidade de ingressos que eles prometeram entregar, os convidados estavam ok, mas eles prometeram 600 ingressos e só foram distribuídos 50”, disparou.

Pessoas que não conseguiram entrar aguardavam do lado de fora do teatro.Foto: Caroline Santos/Rádio Jornal

A reportagem da Rádio Jornal procurou a administração do evento e eles afirmaram que não havia sido divulgado um número prévio dos ingressos que seriam distribuídos. “Não houve falha de comunicação foram poucos ingressos, eles se esgotaram e são dez anos de sucesso”, afirmou o diretor pedagógico da Orquestra Criança Cidadã, Aldir Teodósio.

Orquestra Criança Cidadã

O projeto foi criado em 2006 pelo juiz de Direito João Rocha Targino em parceria com o maestro Cussy de Almeida. A Orquestra Criança Cidadã atende 330 jovens da comunidade do Coque, no Recife, e do distrito de Camela, no município de Ipojuca, com idade entre quatro e 21 anos.

Os estudantes do projeto mantêm uma frequência diária de cinco horas de estudo, em período oposto ao turno escolar. Os jovens participam de aulas de instrumentos de cordas, percussão, teoria musical, flauta doce e canto coral, assim como instrumentos de sopro – flauta transversa, oboé, clarinete, trompa e fagote.

O auditório ficou lotado para a apresentação da Orquestra. Foto:Caroline Santos/Rádio Jornal

Além do aprendizado e prática musical, os integrantes recebem cursos profissionalizantes na Escola de Formação de Luthier e Archetier, onde eles aprendem a construir e reparar instrumentos de cordas. O projeto Também oferece cursos em parceria com universidades e oportunidades de intercâmbio para o exterior para os estudantes de destaque – a orquestra tem um histórico de envio de estudantes para a Polônia, Áustria, República Tcheca, Alemanha e México.

Em dezembro o grupo viaja para Nova Iorque, nos Estados Unidos, onde vai participar da programação de 70 anos da Unicef, no Plenário da Organizações das Nações Unidas (ONU).

Integrantes da Orquestra Criança Cidadã. Foto:Caroline Santos/Rádio Jornal

Mais Lidas