FEMINICÍDIO

Motoboy mata ex-mulher em frente à filha de seis anos na Linha do Tiro

Casal estava separado há três meses. Elenildo Félix da Silva atirou na própria cabeça depois de assassinar Conceição da Silva Bezerra.

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 06/09/2016 às 7:01
Leitura:
Feminicídio é uma tipificação do crime de homicídio qualificado. Pena varia de 12 a 30 anos. Foto ilustrativa: reprodução/internet


A polícia está investigando o assassinato de uma operadora de telemarketing no bairro de Linha do Tiro, Zona Norte do Recife. Na noite dessa segunda-feira (5), Elenildo Félix da Silva, de 48 anos, teria atirado duas vezes na cabeça da ex-mulher, Conceição da Silva Bezerra, de 37 anos, que morreu na casa onde morava.

Após os disparos, o motoboy atirou contra a própria cabeça. De acordo com a Polícia Militar, a filha do casal, de apenas seis anos, presenciou o crime.

O casal estava separado há 3 meses e Elenildo não aceitava a perda do controle que exercia sobre a vida de Conceição. O enterro do corpo de Conceição será realizado no Cemitério de Santo Amaro, área central do Recife, às 16h30.

Elenildo foi encaminhado para o Hospital da Restauração. Ele está internado em estado grave na UTI.

FEMINICÍDIO

É uma tipificação do crime de homicídio qualificado e se caracteriza pelo assassinato de uma mulher pelo fato dela ser mulher, em decorrência da violência doméstica, ou pela dominação do homem sobre a mulher. Em última instância, o feminicídio significa o controle sobre a vida e a morte.

A pena para um crime de homicídio é de 6 a 20 anos. No caso do homicídio qualificado, incluindo o feminicídio, a pena vai de 12 a 30 anos. A pena é aumentada em até um terço, se for cometido na frente de menores de 14 anos.

Mais Lidas