VIOLÊNCIA

"Respeito o torcedor que tem medo de ir ao Estádio", diz Aroldo Costa

Narrador do "Maior gol do Mundo" fez um depoimento antes do Clássico das Multidões incentivando a paz dentro e fora do Estádio.

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 11/09/2016 às 15:59
Leitura:


Este domingo é dia de torcer no Clássico das Multidões, mas é também de vergonha para os torcedores do Sport e do Santa Cruz. Pelo menos dois torcedores estão gravemente feridos depois de um confronto entre torcedores de organizadas ligadas aos dois times.

Antes do jogo começar, Aroldo Costa fez um comentário sobre o cenário da violência em PErnambuco. "Respeito os torcedores que preferem não sair de casa nos dias de jogos. Aqueles que estão aqui, vocês são guerreiros". Ouça o depoimento completo:

"Lamentamos muito a violência, mas vamos torcer para que Sport e Santa Cruz façam um bom jogo", disse Aroldo Costa. "Só um time pode vencer e isso não quer dizer que alguém tem que morrer. Vamos continuar levantando a bandeira da paz", completou.

VIOLÊNCIA

Foto: reprodução/redes sociais

Neste domingo, torcedores do Sport e do Santa Cruz voltaram a protagonizar cenas de violência e brutalidade. Na ida ao Estádio da Ilha do Retiro, um grupo de torcedores ligado à Torcida Jovem do Sport espancou o vice-presidente da Inferno Coral, ligada ao Santa, no bairro do Cordeiro. Amilton Lima, de de 27 anos, conhecido como Buiu, está internado no Hospital Getúlio Vargas.

Leia também: Violência mancha paixão pelo futebol em dia de Clássico das Multidões

Mais Lidas