PROTESTO

Em ato, profissionais de segurança pedem melhor condição de trabalho

O ato vai ser realizado na Praça do Derby, no Recife, e vai reunir profissionais como agentes penitenciários, policiais militares e guardas municipais

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 12/09/2016 às 14:40
Leitura:
Foto: JC Imagem


Agentes penitenciários, policiais militares, civis, rodoviários federais, bombeiros, ferroviários federais e guardas municipais realizam nesta terça-feira (13) um protesto no centro do Recife. O ato é para pedir melhores condições de trabalho.

A concentração está marcada para às 14h, na Praça do Derby e, às 15h, eles pretendem sair em caminhada até o Palácio do Governo. Os profissionais de segurança pública esperam ser recebidos e entregar pauta de reivindicação para representantes do governo do Estado.

O grupo também é contra a proposta do governo Federal em relação à previdência de aumentar a idade mínima de aposentadoria para 65 anos. O coordenador do movimento e representante da Polícia Rodoviária Federal, Frederico França, detalha o ato:



Ainda sobre segurança pública, a Associação de Praças de Pernambuco (ASPRA) vai realizar uma assembleia nesta quarta-feira (14), a partir das 11h, na Assembleia Legislativa de Pernambuco, no centro do Recife.

A categoria alega que a Secretaria de Defesa Social demitiu guardas patrimoniais, que são bombeiros e militares aposentados que trabalham em órgãos públicos e cadeias do Estado, porque eles participaram de movimentos pedindo aumento de salário.

Sobre os guardas patrimoniais, a assessoria de comunicação da Polícia Militar informou que o País está em crise e Pernambuco, como os demais estados, sofre efeitos. A SDS reconhece que a retribuição financeira não é a ideal, porém, esforços estão sendo realizados e benefícios foram implantados como vale refeição e uniforme.

Mais Lidas