CASSAÇÃO

"Estou pagando o preço por ter livrado o Brasil do PT", afirma Cunha

Após ser cassado, Eduardo Cunha afirmou que irá escrever um livro sobre o Impeachment revelando os bastidores do processo

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 13/09/2016 às 8:04
Leitura:
Foto: Agência Brasil

A Câmara dos Deputados cassou nesta terça (13) o mandato de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) por 450 votos contra 10. Outros nove deputados estavam na sessão, mas não quiseram votar. A bancada de Pernambuco votou em peso a favor da cassação de Cunha. Antes do início da votação, o agora ex-deputado fez um discurso pedindo para não ser cassado com base na opinião pública.

Saiba mais no flash de Romualdo de Souza:

Ainda em seu discurso, Cunha lembrou que fez um bem ao país, dando continuidade ao processo de Impeachment, e que está pagando o preço de ter livrado o Brasil do PT. Ele ainda disse que existem outras maneiras de enfrentá-lo. Após o resultado da cassação, em entrevista, Cunha culpou o Palácio do Planalto e afirmou que escreverá um livro falando sobre o Impeachment, explicando quem o procurou pedindo apoio, quem fez promessas e não cumpriu.

Agora que perdeu o foro privilegiado, todos os processos contra Eduardo Cunha caem para a primeira instancia, sendo julgados pelo juiz Sérgio Moro. Ao ser questionado se temia Moro, Cunha afirmou que a única pessoa que ele teme é a Deus.

Mais Lidas