VIOLÊNCIA

PC e Delegacia da Mulher buscam identificar suspeitos de estupros

A polícia descarta a possibilidade dos últimos estupros no Recife terem sido cometidos pelo mesmo homem

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 13/09/2016 às 14:17
Leitura:
Uma das mulheres foi abordada na Rua Amélia, no bairro das Graças
Foto: Reprodução/Google



Após os vários relatos de estupros que estão vitimando mulheres no Recife e Região Metropolitana, a Polícia Civil de Pernambuco reforçou as investigações que estão sendo realizadas pelo departamento da Delegacia da Mulher com o objetivo de localizar e prender os suspeitos que estão cometendo o crime.

De acordo com a polícia, nos últimos dois meses três casos foram registrados, todos eles teriam acontecido em bairros da Zona Norte do Recife. Em uma das situações, a vítima foi uma estudante de medicina que foi abordada por um homem no bairro do Parnamirim, no último mês de agosto.

A polícia já identificou o suspeito pelo nome de Welington da Silva Ferreira, conhecido como Matuto, de 30 anos. O outro caso aconteceu na quinta-feira (8), quando o criminoso rendeu uma empresária de 32 anos no bairro das Graças.

A polícia descarta a possibilidade dos estupros terem sido cometido pelo mesmo homem, como detalha a delegada Inalva Regina, gestora do departamento da Delegacia da Mulher:



A delegada Marta Rosana, que também está trabalhando nas investigações, esclarece que com a divulgação da imagem do suspeito e após os casos registrados oficialmente, muitos boatos estão circulando pelas redes sociais, o que está causando pânico na população e atrapalhando o trabalho da polícia.

De acordo com a Secretaria de Defesa Social, do início deste ano até o último mês de agosto, 965 casos de estupro contra mulheres foram registrados em todo o estado de Pernambuco.

Mais Lidas