SAÚDE

Projeto treina profissionais a identificar câncer infanto-juvenil

O projeto é do Grupo de Ajuda à Criança Carente com Câncer de Pernambuco (GAC-PE) e se chama “Fique atento, pode ser câncer”

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 14/09/2016 às 15:08
Leitura:
Foto: Juliana Oliveira/Rádio Jornal


Nesta quarta-feira (14), o Grupo de Ajuda à Criança Carente com Câncer de Pernambuco (GAC-PE) lançou a segunda edição do projeto "Fique atento, pode ser câncer”.

A ação, que acontece em parceria com a Secretaria de Saúde do Recife, tem o objetivo de capacitar os profissionais da área de saúde e educação para que eles possam identificar os primeiros sintomas do câncer infanto-juvenil.

A ideia do projeto é criar uma interação entre escola e família, já que parte do tempo das crianças é vivido em ambiente educacional. Mais de mil profissionais das duas áreas devem ser capacitados.

Uma equipe multidisciplinar do Hospital Oswaldo Cruz irá ministrar os treinamentos, como explica a médica presidente do GAC-PE, Vera Morais:



O secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia, que também esteve presente na solenidade, falou da importância do projeto no combate à doença e afirmou que a meta da secretaria é ampliar a ação em outras regiões da cidade.

Nesta ação, os profissionais de saúde que irão receber o treinamento são os que fazem o Distrito Sanitário 4, composto pelos bairros do Cordeiro, Engenho do Meio, Ilha do Retiro, Iputinga, Madalena, Prado, Torre, Torrões, Várzea e Zumbi. As aulas seguirão até o mês de novembro deste ano.

Mais Lidas