CONFUSÃO

Sete reeducandos ficam feridos após tumulto na Funase de Abreu e Lima

A confusão na Funase começou após uma briga entre grupos rivais, que terminou com colchão queimado e área depredada

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 16/09/2016 às 17:12
Leitura:
Foto: Erick França/Rádio Jornal


Cinco adolescentes reeducandos da Fundação de Atendimento Socioeducativo de Abreu e Lima (Funase), no Grande Recife, ficaram feridos após um tumulto na unidade no início da tarde desta sexta-feira (16).

Eles foram socorridos por ambulâncias do Samu e do Corpo de Bombeiros. A confusão começou depois de desentendimentos entre membros de grupos rivais da Funase.

O tenente da Polícia Militar, Cláudio Batista, diz que o estado no local após a confusão é crítico. “Nós tivemos que acionar o Choque para controlar a rebelião, a situação lá dentro é bem feia, tudo está bem destruído. Eles quebraram a área 9, queimaram colchões, depredaram muitas coisas e não há mais condição de permanecerem lá”, disse.

Nove reeducnados envolvidos na briga vão ser conduzidos para a DPCA de Paulista.

LOTAÇÃO

A Funase de Abreu e Lima tem capacidade para 98 internos, mas, segundo informação do local, está superlotada com 192 adolescentes.

Ouça a reportagem de Erick França:

Mais Lidas