CRIME

Júri do caso Artur Eugênio está marcado para acontecer nesta semana

O júri foi adiado por causa da ausência do advogado de defesa do réu Cláudio Amaro Júnior

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/09/2016 às 15:07
Leitura:
Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Depois de ser adiado na semana passada, o júri do caso do assassinato do cirurgião Artur Eugênio de Azevedo finalmente está para ocorrer nesta quarta-feira (21). O júri foi adiado diante da ausência do advogado de defesa do réu Cláudio Amaro Júnior, na semana passada.

A decisão de adiar foi da juíza Inês Maria de Albuquerque. Antes do início da sessão, a defesa do acusado apresentou um atestado médico alegando que o advogado Luiz Miguel dos Santos estava com problema de saúde.

O julgamento seria de Cláudio Amaro Gomes Júnior e Lyferson Barbosa da Silva, dois dos cinco acusados pela morte do cirurgião. O acusado Cláudio Amaro Gomes Júnior será julgado por homicídio duplamente qualificado (por motivo torpe e recurso que impossibilitou a defesa da vítima) em concurso material com furto qualificado mediante fraude com comunicação falsa do crime e dano qualificado pelo uso de substância inflamável.

Na coluna A Cidade e o Cidadão desta segunda-feira (19), a comunicadora Graça Araújo conversou com o jornalista do Jornal do Commercio, Felipe Vieira. Ouça a coluna na íntegra:

Mais Lidas