JUSTIÇA

Mãe de Carlinhos vai apelar para a Convenção de Haia

Claudia Boudoux está na Argentina com apoio jurídico da embaixada brasileira. Convenção de Haia determina que garoto volte a seu lugar de origem

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/09/2016 às 8:53
Leitura:
Foto: Pedro Alves/JC Imagem

Claudia Boudoux, mãe de Carlinhos, levado pelo pai desde o fim do ano passado, vai apelar para a Convenção Internacional de Haia. A Justiça brasileira decretou a prisão do argentino Carlos Attias, pai do menino, que foi localizado pela Interpol, mas colocado em liberdade.

A mãe de Carlinhos permanece em Buenos Aires e conta com apoio jurídico da embaixada brasileira. Ela ainda não reencontrou o filho, que foi recuperado pelo pai, e agora é alvo de uma guerra judicial entre dois países.

Carlinhos, agora com nove anos, tem dupla nacionalidade, tornando o caso ainda mais complexo. A Convenção de Haia estabelece que a criança retorne ao seu lugar de origem. O chefe de comunicação social da Polícia Federal, Giovanni Santoro, fala sobre os desdobramentos do caso:

Mais Lidas