GREVE

Segue por tempo indeterminado Greve dos Bancários de PE

Uma Assembleia Geral aconteceu na noite desta segunda-feira (19) para definir o destino da categoria, que optou pela manutenção da greve

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 19/09/2016 às 21:28
Leitura:
Foto: Marcela Maranhão / Rádio Jornal

O Sindicato dos Bancários de Pernambuco realizou, na noite desta segunda-feira (19), em assembleia geral que definiu os rumos da greve que completa 15 dias nesta terça-feira (20), e segue por tempo indeterminado. O encontro foi na sede do sindicato, no bairro da Boa Vista, Centro do Recife.

A oitava rodada de negociação com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) foi encerrada na última quinta-feira (15) e até momento não houve acordo. A categoria pede reajuste salarial de 14,78 %. Além disso, os trabalhadores também querem melhores condições de trabalho e segurança contra investidas de assaltos nas agências. Cerca de 90% das unidades estão paralisadas desde o dia 6 desse mês.

Confira a íntegra da entrevista com a presidente do sindicato, Suzineide Rodrigues:

Durante a assembleia, a categoria marcou para esta terça (20), a partir das 8h, uma grande mobilização que vai acontecer na agência do Bradesco, na esquina da Avenida Conselheiro Aguiar com a Rua Félix de Brito, no bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife.

Na quinta-feira (22), eles decidiram aderir ao movimento "Esquenta Para A Greve Geral", que vai sair da Federação das Indústrias de Pernambuco (FIEPE) da Avenida Cruz Cabugá. Trata-se de um ato nacional, que reúne trabalhadores de diversas áreas. A concentração dos bancários será às 14h, em frente à agência da Caixa Econômica da Rua do Hospício, bairro de Santo Amaro.

GREVE

Os bancários de Pernambuco deflagraram greve na manhã do dia 06 de setembro. Eles reivindicam a reposição da inflação mais 5% de aumento real, além de melhores condições de trabalho. A categoria rejeitou a proposta de reajuste salarial de 6,5% da Fenaban.

Mais Lidas