VIOLÊNCIA

Estudante denuncia assédio por dois dias seguidos no metrô do Recife

O suspeito foi levado à Central de Plantões e foi solto porque o delegado entendeu que não houve flagrante do assédio

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 21/09/2016 às 16:24
Leitura:
Foto: JC Imagem


Por dois dias seguidos uma universitária de 21 anos sofreu assédio pelo mesmo homem na estação de metrô da Mangueira, na Zona Oeste do Recife. Na manhã desta quarta-feira (23), a vítima não aguentou e denunciou o caso para funcionários do Metrorec.

Os dois foram conduzidos para a Central de Plantões da capital pernambucana, que fica no bairro de Campo Grande. Porém, o rapaz, identificado como José Riceli de Araújo Silva, de 39 anos, foi solto.

A universitária, que não quis se identificar, está com medo de voltar para casa porque o suspeito a persegue. “Ele pegou na minha vagina, eu tive que tirar a mão dele. Quando eu fui descer do ônibus, ele desceu também. Depois, ele repetiu a mesma ação porque percebeu que eu sou um alvo fácil, não fiz nada, só fiz chorar”, disse.

A estudante ainda comentou o fato do suspeito ter sido solto. “Um advogado chegou, levou ele e pronto. Ele ainda saiu com um ar de riso. Por isso que acontece e ainda vai continuar acontecendo porque a justiça é muito falha. Ele teria que realmente me estuprar e deixar na rua pra todo mundo ver?”, argumentou indignada.

Suspeito foi identificado como José Riceli de Araújo Silva, de 39 anos. Foto: cortesia


O caso foi registrado na 4ª Delegacia de Plantão da Central de Plantões. Foi informado à nossa reportagem que foi aberto um inquérito por portaria pelo crime de estupro, pois o delegado responsável pelo inquérito entendeu que não houve flagrante. Segundo ele, o estupro ocorreu ontem e não hoje e, por isso, o suspeito respondeu em liberdade.

Ouça outros detalhes na reportagem de Erick França:

Mais Lidas