VIOLÊNCIA

Em noite de pânico, quadrilha assalta quatro ônibus na Mata Sul do Estado

Em um dos casos, o veículo foi metralhado. Um suspeito e uma passageira morreram. Outras cinco pessoas ficaram feridas. Assaltos aos ônibus aconteceram nas cidades de Xexéu, Catende e dois em Ribeirão

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 22/09/2016 às 8:07
Leitura:
Foto: Cortesia para a Rádio Jornal


Reportagem de Karla Oliveira

Quatro ônibus foram alvos de assaltos nas rodovias da Zona da Mata Sul do Estado entre a noite dessa quarta-feira (21) e a madrugada desta quinta-feira (22). De acordo com informações da Polícia Militar, o primeiro assalto aconteceu às 22h a um ônibus da empresa Kaissara que trafegava pela BR-101 Sul, em Xexéu.

O segundo caso, às 23h, foi uma tentativa de assalto a um ônibus que fazia o transporte de estudantes universitários do município de Catende para Caruaru. Os suspeitos estavam divididos em dois veículos e dispararam várias vezes contra o ônibus, que não parou.

A perseguição durou até a cidade de Catende, onde o motorista do ônibus conseguiu pedir ajuda a uma viatura da Polícia Militar. O condutor do coletivo levou um tiro de raspão no braço e alguns passageiros ficaram feridos com estilhaços de vidro.

Duas vítimas do assalto conversaram com a Rádio Jornal nesta quinta-feira sobre os momentos de pânico vividos. Com medo de se identificar, uma estudante diz que, quando percebeu que era assalto, o motorista tentou fugir.

Um segunda vítima, ainda em estado de choque, diz que escapou da morte. "Os bandidos vieram atirando de Batateira até Catende. O tiro que eles deram do lado do ônibus foi mesmo na minha cadeira. Se eu tivesse sentada lá eu tinha morrido, mas eu me deitei no chão", diz.

O mesmo grupo abordou, em seguida, um ônibus da empresa Real Alagoas que seguia do Recife para Maceió. No momento do assalto, o veículo estava entre os municípios de Ribeirão e Palmares. No mesmo trecho, um ônibus também da Real Alagoas que vinha de Maceió em direção ao Recife, sofreu uma investida de cinco homens armados, que estavam em um carro prata.

Neste último, um policial civil estava dentro do veículo e reagiu ao assalto. Leandro Marques Amorim, de 32 anos, foi encaminhado consciente e estável para o Hospital Dom Helder, no Cabo de Santo Agostinho.

Um dos suspeitos do asslto, identificado como Pedro Henrique Brane, morreu no local do crime. O corpo dele foi encaminhado para o IML de Caruaru. Junto dele foi encontrada uma mochila com faca, vários celulares, dinheiro e documentos.

Dois outros suspeitos ficaram feridos. Rodrigo Onofre Bezerra foi levado para o Hospital Geral de Ribeirão e o outro para o Hospital Dom Helder, no Cabo. Outros dois suspeitos fugiram.

Durante a troca de tiros, uma mulher morreu e um homem ficou ferido. O professor de radiologia Welligton da Silva Carvalho, de 37 anos, levou um tiro no queixo, foi encaminhado para o Hospital da Restauração, no Recife, e passa bem. Já corpo de Jovanice Luciana de Lima, 37 anos, foi encaminhado para o IML do Recife.

MAIS VIOLÊNCIA

Na noite dessa quinta-feira (21), 15 trabalhadores que saiam de uma fábrica de confecções em Caruaru foram abordados por um grupo de quatro suspeitos. O motorista do ônibus foi agredido com uma coronhada no rosto. Outros dois trabalhadores ficaram feridos. Os suspeitos levaram os pertendes dos passageiros.

Um motorista que não quis se identificar também foi vítima do grupo. Ele teve o carro metralhado, mas conseguiu se abaixar e fugir do local sem ferimentos graves.

Leia também: Homens invadem garagem da Metropolitana e obrigam motorista a participar de roubo

Mais Lidas