VIOLÊNCIA

Vítima fatal de assalto a ônibus trazia filha para hospital no Recife

O corpo de Jovanice Lucena de Lima já está no IML. Há 15 anos ela vinha de Maceió para o Recife para levar a filha ao médico

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 22/09/2016 às 15:39
Leitura:
Foto: Igo Bione/JC Imagem


O corpo da enfermeira de Maceió, Jovanice Lucena de Lima, 37, chegou no início da tarde desta quinta-feira (22) no Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife. Ela foi morta na madrugada após uma troca de tiros durante um assalto a ônibus entre Ribeirão e Palmares, na Zona da Mata do Estado.

O coletivo vinha de Maceió, com destino ao Recife. Segundo a polícia, cinco homens armados interceptaram o veículo, mas um policial civil que estava dentro do ônibus reagiu a investida.

Além de Jovanice, um dos suspeitos, identificando como Pedro Henrique Brane, morreu. Dois outros suspeitos ficaram feridos e foram levados para hospitais. O professor de radiologia Wellington da Silva Carvalho, 37, tirou um tiro no queixo e foi encaminhado para o Hospital da Restauração, no Recife.

A irmã de Jovanice, Márcia Cristina de Lima, conta que a vítima estava com a filha de 15 anos. “Geralmente ela fazia esse trajeto porque minha sobrinha faz um tratamento no IMIP. Minha sobrinha está muito abalada e chora muito o tempo todo”, disse.

O sepultamento de Jovanice será na tarde desta sexta-feira (23) no cemitério Parque das Flores, em Maceió.

Ouça outros detalhes na reportagem de Erick França:

Mais Lidas