ENTREVISTA

"Estou muito ofendido com o que está acontecendo no Brasil", diz Lula

"Quando a PF foi na minha casa, levantaram o colchão da minha cama como se eu fosse um bandido", disse o ex-presidente Lula em entrevista exclusiva à Rádio Jornal

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 23/09/2016 às 8:42
Leitura:
Foto: Fabiano Lopes/Rádio Jornal


Cansado, mas bem de saúde. Assim se define o ex-presidente Lula no início da entrevista exclusiva ao comunicador Geraldo Freire da Rádio Jornal. O petista está no Recife desde a noite dessa quinta-feira (22), onde participou da agenda de campanha do ex-prefeito do Recife e postulante ao posto, João Paulo.

Aos 71 anos, Lula se disse ofendido pela forma como as investigações do Ministério Público Federal e da Polícia Federal estão sendo conduzidas em relação a ele. "Eu tô muito ofendido pessoalmente com o que tá acontecendo no Brasil. Jamais iamginei que a gente fosse ter um golpe parlamentar pra destituir uma presidente eleita pelo povo", disse.

Ouça a e veja a entrevista completa:

[GALERIA]

GUIDO MANTEGA

"Jamais imaginei assitir uma cena como a de ontem em que a polícia vai dentro de um centro cirúrgico prender um cidadão. Dá forma mais cruel possível, levou um cidadão pra uma prisao temporária".

INTERNET

"A internet é uma revolução, mas ao mesmo tempo ela liberou o demônio que existe dentro das pessoas", diz Lula sobre xingamentos

FUGA PARA A ITÁLIA

"O único país do mundo que eu pediria asilo seria Garanhuns", ironiza Lula sobre boato de fuga.

INVESTIGAÇÕES

"Quando a PF foi na minha casa, levantaram o colchão da minha cama como se eu fosse um bandido", diz Lula

"Eu não quero o privilégio da lei. Quem melhorou a condição de investigações no país foi o nosso governo", diz Lula

"Sou muito defensor do Ministério Público. Mas tem um bando de menino que foram ungidos pra fazer esse trabalho", diz Lula

"Eu não sei onde essas pessoas vão parar com essas investigações. O país quebrou", afirma Lula.

SUPREMO

"Não me arrependo de nenhuma indicação da Justiça. Indicamos as pessoas para se fazer justiça".

INVESTIMENTOS NA EDUCAÇÃO

"Que bobagem é essa de que vai cortar gastos durante 20 anos?", diz Lula sobre governo Temer. "Não é possível alguém dizer que vai melhorar a educação cortando gastos na área", afirma.

NORDESTE

"Fizemos em Pernambuco e no Nordeste em oito anos o que não fizeram em 200. Eu queria que o Nordeste fosse igual a São Paulo", diz Lula. "Eu criei uma nova classe de consumidores nesse país. Eu coloquei minhas fichas para melhorar a vida do pobre", completou.

IMPRENSA

"Uma parte da imprensa brasileira virou um partido político e ocupou o espaço da oposição", diz. "Sou a favor da liberdade de imprensa, mas contra a liberdade da mentira", afirma Lula.

COM VONTADE DE FALAR

"Durante muito tempo eu fiquei sem falar por que a Dilma era presidenta e um ex-presidente tem que ficar calado. Mas agora eu estou com vontade de falar. Não tem pergunta proibida", diz. "Eu vou começar a falar. Não posso admitir que meia dúzia de meninos se sinta acima de um homem com 49 anos de vida pública", finaliza Lula.

Mais Lidas