DEPOIMENTO

Universitária vítima de estupro no metrô volta a ser ouvida pela Polícia

Ela compareceu na manhã desta sexta (23) a delegacia e comemorou o afastamento do delegado que liberou o suspeito de praticar o abuso

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 23/09/2016 às 11:12
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal


Depois de ter sido vítima de estupro no vagão do metrô do Recife por dois dias seguidos esta semana, a universitária de 21 anos voltou a ser ouvida pela Polícia nesta sexta-feira (23). Ela compareceu a Delegacia de Repressão aos Crimes contra a Mulher, no bairro de Santo Amaro, para assinar a representação do crime. O procedimento deve ser feito para que a investigação continue, afim de que o suspeito do abuso, um microempreendedor de 39 anos, seja indiciado.

Saiba mais no flash de Clarissa Siqueira:

Nesta quinta (22), a Secretaria de Defesa Social anunciou o afastamento do delegado Flaminio Barros, um dia após ele ter liberado o suspeito de ter cometido o ato contra a estudante. O delegado foi o responsável pelo primeiro atendimento na quarta (21), quando ela fez a denúncia que estava sendo perseguida. Mesmo sendo fruto de um possível flagrante, o delegado liberou o suspeito. A estudante afirma que foi maltratada durante o atendimento com Flamínio e comemorou o afastamento do delegado. “Ele precisa aprender a tratar as pessoas, pois é função dele”, falou.

A Secretaria de Defesa Social também informou que, através da Corregedoria, está investigando a conduta do delegado e do escrivão que atenderam a estudante.

Mais Lidas