ELEIÇÕES 2016

Candidato do clã Coelho é favorito em Petrolina após 8 anos de Lóssio

Miguel Coelho lidera pesquisas no maior colégio eleitoral do sertão; Disputa por segundo lugar está acirrada

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/09/2016 às 11:00
Leitura:
Os cinco candidatos a prefeito participaram de debate na Rádio Jornal Petrolina nesta segunda.
Foto: Inês Calado/ NE10

Na semana decisiva da corrida eleitoral de Petrolina, maior cidade do sertão de Pernambuco, as pesquisas registradas no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) apontam uma eleição bastante disputada, mas com um candidato favorito. Filho do ex-prefeito da cidade e atual senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), o deputado estadual Miguel Coelho (PSB) está na frente das simulações de voto.

DEBATE

A Rádio Jornal Petrolina realizou na manhã desta segunda-feira (26) um debate com os cinco candidatos a prefeito. Durante uma hora e trinta minutos, Adalberto Cavalcanti, Edinaldo Lima, Miguel Coelho, Odacy Amorim e Perpétua Rodrigues se enfrentaram e discutiram os planos para o município para os próximos quatro anos. A mediação do debate foi feita pelo jornalista Wagner Gomes. Escute o debate na íntegra abaixo.

CONHEÇA OS CANDIDATOS

Representante do mais famoso clã político de Petrolina, Miguel Coelho tem 33% das intenções de voto de acordo com a última pesquisa feita pelo Ibope na cidade. Apoiado pelo governador Paulo Câmara (PSB) e por uma frente de 16 partidos (PSB / PDT / PRTB / DEM / PSDC / PPL / PEN / PSC / SD / PR / PSD / PV / PTC / PSDB / PRP / REDE) ele tenta levar seu grupo político de volta ao poder após oito anos da gestão do adversário Júlio Lóssio (PMDB).

Na disputa, em segundo lugar no Ibope com 23%, está o ex-prefeito Odacy Amorim (PT), ex-alido dos Coelho. Prefeito de Petrolina entre 2007 e 2008, Odacy é deputado estadual e o candidato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), contando com o apoio de quatro partidos (PT / PMN / PMB / PC do B).

O embate pelo terceiro lugar de acordo com o Ibope, no momento, é acirrado. Ex-prefeito de Afrânio, também no Sertão, por dois mandatos (2001-2009), o deputado federal Adalberto Cavalcanti (PTB) é apoiado pelo senador Armando Monteiro Neto (PTB) em uma coligação de seis partidos (PRB / PTN / PROS / PTB / PP / PT do B). Na última pesquisa do Ibope, ele aparece com 17%, em situação de empate técnico com Edinaldo Lima (PMDB), que tem 15%. Edinaldo foi secretário municipal e é o candidato oficial do prefeito Julio Lóssio, reunindo quatro partidos (PMDB / PSL / PPS / PHS).

Menos conhecida que os demais candidatos, Perpetua Rodrigues (PSOL) é a única mulher na disputa pela prefeitura de Petrolina. Ela conta com apoio de dois partidos (PSOL / PCB) e tem 1% das intenções de voto de acordo com o Ibope.

Ouça o debate na íntegra:





MAIS DETALHES

Maior cidade do sertão de Pernambuco, Petrolina tem também o maior número de eleitores: 183.819, de acordo com o Tribunal Regional Eleitoral. Com isso, a eleição não vai para o segundo turno (precisaria ter mais de 200 mil eleitores). No último pleito municipal, em 2012, o prefeito Júlio Lóssio (PMDB) foi reeleito com 45,26% dos votos válidos contra 32,51% de Fernando Filho (PSB), segundo colocado.

Mais Lidas