CONCLUSÃO DE INQUÉRITO

Oito pessoas são indiciadas por agressão a presidente da Inferno Coral

Os agredidos também foram indiciados por rixa, promoção de tumulto e associação criminosa. A agressão ao presidente da Inferno Coral aconteceu no dia 11 de setembro

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/09/2016 às 11:20
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal

Oito pessoas foram indiciadas pela Policia Civil de Pernambuco pelos crimes de rixa, promoção de tumulto no caminho de jogos e associação criminosa relacionada a uma briga entre os torcedores do Santa Cruz e do Sport no dia 11 de setembro, no bairro do Cordeiro. Dessas oito pessoas, três são acusadas de tentativa de homicídio qualificado sem chance de defesa da vítima, pela agressão a Amilton Lima dos Santos, conhecido como Buiu, presidente da Torcida Inferno Coral, e agressão a André Sales de Lima Júnior, diretor de arquibancada da mesma torcida. Amilton Lima e André Sales estão entre os indiciados.

Saiba mais no flash de Clarissa Siqueira:

As imagens dessas agressões foram amplamente divulgadas nas redes sociais. De acordo com a Polícia Civil, que divulgou as informações da conclusão do inquérito na manhã desta segunda-feira (26), Renato de Assis da Silva, de 23 anos, que já está preso, Wagner dos Santos Silveira, que está foragido e Carlos Renato da Silva, de 22 anos, também procurado, tinham clara intenção de matar o Buiu. Quem tiver informações sobre os foragidos podem ligar para o Disque-Denúncia pelo telefone: (81) 3421-9595.

Mais Lidas