INVESTIGAÇÃO

Oito pessoas são indiciadas por confusão entre torcidas e agressão

As pessoas aparecem nas imagens registradas no último dia 11 de setembro, em uma briga entre torcidas do Sport e Santa Cruz

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 26/09/2016 às 13:30
Leitura:
Os delegados José Paulo Nogueira e Paulo Furtado apresentaram conclusão do inquérito
Foto: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal


A Polícia Civil de Pernambuco procura Wagner dos Santos Silveira, conhecido por Waguinho, 24, e Carlos Renato da Silva, 22, suspeitos dos crimes de rixa, promoção de tumulto, associação criminosa e tentativa de homicídio.

Eles aparecem nas imagens registradas no último dia 11 de setembro, em uma briga no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, entre as torcidas dos times do Santa Cruz e do Sport. Wagner, Carlos e Renato de Assis da Silva, que já está preso, agridem com pauladas e chutes o presidente da torcida tricolor Inferno Coral, Amilton Lima dos Santos, o Buiu.

Na ocasião, André Sales de Lima Júnior, um dos diretores da mesma torcida, também foi agredido. A polícia divulgou a conclusão do inquérito sobre o caso nesta segunda-feira (26) e indiciou oito pessoas pelas confusões no dia 11 de setembro.

Além dos três diretamente ligados a tentativa de homicídio, um menor de idade foi apreendido e outros quatro integrantes das duas torcidas organizadas, inclusive o Amilton Buiu e o André Sales, devem ser detidos. Como detalha o delegado responsável pela investigação, Paulo Furtado:



Se condenados pelos crimes de rixa, promoção de tumulto e associação criminosa, os envolvidos podem ser condenados até 14 anos de reclusão, no caso dos suspeitos, também de tentativa de homicídio. As penas podem chegar a 36 anos.

Quem tiver informações sobre os foragidos, pode ligar para o Disque Denúncia pelo telefone 3421.9595

Mais Lidas