INVESTIGAÇÃO

Tráfico pode ter sido motivação de tentativa de homicídio em Uber

Uma perícia foi realizada para investigar detalhes da tentativa de homicídio que aconteceu contra passageiros que estavam em um Uber

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 04/10/2016 às 14:31
Leitura:
Foto: AFP



Equipes do Instituto de Criminalística de Pernambuco realizaram na manhã desta terça-feira (4) uma perícia para investigar os detalhes da tentativa de homicídio que aconteceu contra passageiros que estavam dentro de um veículo particular usado como Uber.

O caso aconteceu na comunidade do Detran, no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife, na noite dessa segunda feira (3). De acordo com informações da polícia, o motorista do Uber, identificado como Antonio Carlos, teria pego os clientes na Avenida Conde da Boa Vista, no centro da cidade.

Ao chegar ao destino, os ocupantes do veículo foram surpreendidos pelos disparos. O perito Teófilo Ribeiro preferiu não gravar entrevista, mas, de acordo com as investigações, dois tiros foram disparados no lado direito do carro. O passageiro que estava no banco da frente foi atingido no ombro .

Ele foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento da Caxangá e recebeu alta. Os outros ocupantes do Uber não foram atingidos. Para o delegado coordenador da Força-tarefa do DHPP, Mauro Cabral, o caso não tem relação com o tipo de transporte particular de passageiros. Para ele, a motivação do crime teria sido acerto de contas motivado pelo tráfico de drogas:



Dentro do carro foram encontrados materiais de uso para defesa pessoal como uma arma que emite choque e uma soqueira. A polícia ainda não identificou se esse material seria do proprietário do Uber ou dos passageiros. Os suspeitos de efetuar os disparos ainda não foram localizados.

Mais Lidas