ELEIÇÕES 2016

Quinta colocada no 1º turno, Teresa Leitão anuncia neutralidade

Petista Teresa Leitão decidiu não apoiar nem Antônio Campos (PSB), nem Lupércio (SD)

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 05/10/2016 às 11:00
Leitura:
A candidata ficou em quinto lugar no primeiro turno. Foto: divulgação/ internet

Dona da quinta maior votação na corrida pela prefeitura de Olinda, a deputada estadual Teresa Leitão (PT) anunciou que não vai apoiar nenhum dos dois candidatos no segundo turno das eleições. A petista pretende se manter neutra na disputa entre Antônio Campos (PSB) e Professor Lupércio (SD) na fase decisiva da eleição.

No primeiro turno, Teresa Leitão recebeu 11.800 votos (5,94% do total). Antônio Campos (PSB) foi o mais votado com 28,17% (55.995 votos), seguido por Porfessor Lupércio (SD), que ficou com 23,38% (46.476 votos). Izabel Urquisa (PSDB) ficou na terceira posição com 18,40% (35.584 votos), à frente da ex-prefeita e deputada federal Luciana Santos (PCdoB), que recebeu 16,57% dos votos válidos (32.954).

O PT de Teresa Leitão participou das quatro gestões do PCdoB no município da cidade ocupando a vice-prefeitura. Entre 2001 e 2009 com Paulo Valença, vice de Luciana Santos, e entre 2009 a 2016 com Enildo Arantes como vice do atual prefeito Renildo Calheiros. Desde o final de 2014, as duas gestões e separaram na cidade e caminharam em lados opostos pela primeira vez em 16 anos.

NOTA OFICIAL DA CANDIDATA TERESA LEITÃO:

"Diante do resultado eleitoral em Olinda, publicamente conhecido no dia 2 de outubro, a coligação “Olinda, quero avançar”, que teve como candidata a prefeita a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e como candidato a vice o radialista Gilberto Sobral (PRB), expressa:

I- O seu agradecimento ao povo olindense pela receptividade e respeito com que nos acolheu durante toda a campanha;

II- A certeza de ter realizado um debate político e administrativo que foi um grande diferencial nas eleições de Olinda;

III- A responsabilidade de ter apresentado um programa de governo compatível com as dificuldades e as potencialidades do nosso município;

IV- A satisfação de ter eleito dois vereadores e o fato de ter ficado acima dos percentuais indicados pelas pesquisas eleitorais;

V- A maturidade de ter conseguido, no debate político, uma composição de cinco partidos que trouxe para Olinda os dois senadores da República comprometidos com a democracia (Armando Monteiro e Humberto Costa);

VI – A alegria de ter feito uma campanha militante, propositiva e apoiada por seguimentos importantes da Cidade Patrimônio da Humanidade.

VI- Na condição de sujeitos políticos, reafirmarmos o compromisso com a nossa querida cidade. Continuaremos vigilantes quanto ao seu destino e prontos para contribuir com os avanços políticos, as potencialidades de Olinda e do seu povo.

Muito obrigado."

Mais Lidas