ELEIÇÃO DE JABOATÃO

"Candidatos do segundo turno não me representam", diz Elias Gomes

Prefeito de Jaboatão lamenta não ter emplacado seu candidato no 2º turno e diz que não vai apoiar ninguém

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 06/10/2016 às 10:09
Leitura:
Foto: JC Imagem


"Errei em demorar para escolher candidato, fui ingênuo e utópico. Achei que bastava vincular meu candidato à gestão e estaríamos no segundo turno", admite prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes (PSDB), em entrevista ao quadro Passando a Limpo desta quinta-feira (05) na Rádio Jornal. Questionado sobre qual dos dois candidatos que irão para o segundo turno ele pretende apoiar, Elias diz que não pretende ficar ao lado nem de Anderson Ferreira (PR) nem de Manoel Pereira Neco (PDT), e acrescenta que nem Nilton Carneiro nem Rodovalho (ex-prefeitos) o representam. "Os dois não tem muita diferença e não me representam, não vou avalisar nenhum desses projetos, são muito defasados e conservadores e eu prefiro não me envolver nesse processo".

Atual prefeito lamenta não ter conseguido emplacar seu candidato Heraldo Selva (PSB) no pleito eleitoral 2016 e diz que está se preparando para deixar o cargo. "Vou passar uma prefeitura com as contas em dia. Eu espero o julgamento da história, não o julgamento eleitoral", concluiu.

Ouça aqui a entrevista completa:

RODOVALHO

Criticado por Elias, o ex-prefeito Fernando Rodovalho entrou em contato com a Rádio Jornal para se defender e denuncia que "Elias Gomes sai agora da cidade com a dívida de Jaboatão duplicada, o que derrotou ele foram as lideranças de Jaboatão". Rodovalho comenta ainda que o nome escolhido por Elias não era Heraldo e sim Conceição.

Ouça aqui a entrevista com Rodovalho:

SEGUNDO TURNO

Os candidatos Anderson Ferreira (PR) e Neco (PDT) foram eleitos para o segundo turno respectivamente, com 34,28% e 30,09% dos votos.

Mais Lidas