SEGUNDO TURNO

Confiante, João Paulo diz que sua gestão deu de goleada na de Geraldo

Em campanha para o segundo turno, o candidato a prefeito do Recife, João Paulo, foi o entrevista do Debate da Super Manhã

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 06/10/2016 às 12:20
Leitura:
Foto: Ashlley Melo/ JC Imagem

O candidato a prefeito do Recife pelo PT, João Paulo, foi o entrevistado desta quinta-feira (6) no Debate da Super Manhã. No primeiro turno, o petista ficou com 23,76% atrás de Geraldo Julio (PSB), que obteve 49,34% dos votos. Ele disse que está animado e brincou dizendo que “chegou pra torar”.

Questionado sobre se daria algum cargo ao ex-prefeito do Recife pelo PT, João da Costa, ele desconversou. "Temos prioridades maiores com o Recife", disse. “A nossa primeira tarefa é ganhar a eleição”, acrescentou.

De acordo com João Paulo, esta eleição será um comparativo de gestão. “O eleitor do Recife quer saber quem cuidou melhor da saúde, da educação, da cultura, que garantiu mais a participação popular, que teve uma relação mais direta com o povo. Então, tudo nisso nós demos de goleada no atual prefeito”, destacou o petista.

Sobre a situação atual do partido, João Paulo falou em ataques aos programas de governo das gestões do PT. "O partido está sob um ataque muito sistemático, que no nosso entendimento não é contra o partido, mas contra uma política que incluiu milhões de trabalhadores", defendeu a sigla. "O PT vive um momento muito difícil, em especial, com Lula. Lula sempre acrescenta na campanha", acrescentou João Paulo.

Ele falou sobre os recursos para a campanha. “Eu já tive pouquíssimos recursos nesse primeiro turno (...) mas eu nunca tive eleição fácil”, apontou o candidato. Confiante, João Paulo disse que vai ganhar a eleição e prometeu que não se candidatará a uma reeleição. “Se eleito eu não disputarei”, acrescentou.

João Paulo comentou o apoio do DEM e do PSDB ao candidato Geraldo Júlio neste segundo turno. "A decisão do DEM e do PSDB foi uma decisão partidária. Eu não acredito que a base vai acompanhar”, diz João Paulo.

O petista opinou sobre as propostas para a segurança do Recife. "O atual prefeito fracassou na área da segurança com o Pacto Pela Vida do Recife", atacou João. "Eu vou fazer com o governador a parceria que o atual prefeito não quis fazer", prometeu João Paulo. "A guarda municipal vai ser armada dentro do que a lei permite", acrescentou o candidato.

O prefeiturável falou ainda sobre mobilidade, o Hospital da Mulher.

Confira os detalhes no debate completo:

Mais Lidas