MUDANÇA

Novo secretário da SDS diz que quer ouvir queixas de servidores

O anúncio do nome de Gioia como secretário da SDS aconteceu nessa quinta-feira (6), após exoneração de Alessandro Carvalho

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 07/10/2016 às 15:28
Leitura:
Foto: Acervo/ JC Imagem


O novo secretário de Defesa Social de Pernambuco, Angelo Fernandes Gioia, se reuniu, nesta sexta-feira (7), com o governador Paulo Câmara. Durante esse primeiro encontro de trabalho foram apresentados dados sobre o programa Pacto Pela Vida e o secretário disse que pretende colocar mais policiamento nas ruas.

O anúncio do nome de Gioia como secretário da SDS aconteceu nessa quinta-feira (6), após exoneração do então secretário Alessandro Carvalho.

Gioia também disse que quer conversar com os chefes dos órgãos que fazem parte da pasta e ainda com os servidores para levantar informações sobre a situação desde a estrutura até os salários.

Inicialmente, o novo secretário da SDS destacou como mudanças apenas duas. No caso, dois delegados da Polícia Federal: um para secretário-executivo e outro para corregedor. “O delegado João Luiz Caetano, que hoje é o delegado de combate ao crime organizado no Rio de Janeiro (...) tem um perfil operacional que eu acho que se encaixa bem no Estado de Pernambuco”, disse. “O corregedor é o delegado Carlos Henrique, que hoje é o corregedor do Rio de Janeiro”, completou o novo secretário.

Confira os detalhes na reportagem de Ravi Soares:

Perfil do novo secretário de Defesa Social de Pernambuco

Angelo Fernandes Gioia, 51 anos, se aposentou da Polícia Federal no último mês de abril de 2016. Ele é natural do Rio de Janeiro. Foi delegado federal desde 1996. Bacharel em Direito, formou-se na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Como experiência profissional, foi 1° Sargento Especialista em Infantaria de Guarda da Força Aérea Brasileira (1981-1996); chefe da Delegacia de Prevenção e Repressão a Crimes Fazendários, Cuiabá, Mato Grosso (1997-1999); chefe substituto do Núcleo de Disciplina da Corregedoria Regional de Polícia, Rio de Janeiro (1999-2002); instrutor da Academia Nacional de Polícia Federal, Brasília (2001-2002); chefe do Setor de Operações da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado e de Inquéritos Especiais, Rio de Janeiro (2002-2003); chefe da Delegacia Especial no Aeroporto Internacional Tom Jobim, Rio de Janeiro (2003); chefe da Delegacia de Controle de Segurança Privada, Rio de Janeiro (2004-2006); delegado Regional Executivo da Superintendência Regional do Distrito Federal (2006-2007); superintendente Regional do Departamento de Polícia Federal no Estado de Pernambuco (2007-2008); superintendente Regional do Departamento de Polícia Federal no Estado do Rio de Janeiro (2008-2011); Adido da Polícia Federal na Itália (2011-2013).

Mais Lidas