INSEGURANÇA

Conselho Regional de Medicina interdita Samu de Olinda

De acordo com o Conselho Regional de Medicina além da insegurança, o Samu em Olinda apresenta problemas estruturais

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 10/10/2016 às 21:00
Leitura:
Foto: Google Imagens

Representantes do Sindicatos dos Médicos de Pernambuco se reuniram na noite desta segunda-feira (10), em uma sessão plenária no Conselho Regional de Medicina para avaliar irregularidades verificadas em uma fiscalização feita em conjunto com entidades médicas na base do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), em Olinda, e decidiram interditar a unidade de saúde.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), Tadeu Calheiros, uma série de episódios tem posto em risco a segurança dos profissionais que trabalham no local.

Tadeu Calheiros ainda comenta que os problemas de segurança não são os únicos na unidade. Confira:

Na última sexta-feira (07) uma pessoa foi agredida, entrou na unidade do Samu e em seguida, o agressor invadiu o local causando pânico entre os funcionários.

Entenda o caso no Flash de Marcela Maranhão:

Samu

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) é um programa do Governo Federal, implantado nos municípios brasileiros, inaugurado em 21 de dezembro de 2001.

Mais Lidas