PROTESTO

Vaqueiros de todo estado protestam no Recife contra decisão do STF

Protestos a favor da vaquejada também acontecem em Carpina, Cachoeirinha, Garanhuns, Petrolina e Caruaru

Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 11/10/2016 às 11:01
Leitura:
Foto: Clarissa Siqueira/Rádio Jornal

Para o Supremo Tribunal Federal, a mais alta corte judicial do país, a pratica da vaquejada é inconstitucional e não deve ser considerada como esporte. A decisão foi tomada na última quinta-feira e se refere à pratica no Ceará, porém, pode servir de base para legislação em todo o país. Para os juízes do Supremo, a prática inclui tratamento cruel aos animais e, neste caso, a proteção ao meio ambiente se sobrepõe ao valor cultural. O julgamento começou em agosto do ano passado e terminou com seis votos contra a vaquejada e cinco a favor. De acordo com os praticantes da vaquejada, a decisão ameaça uma cadeia produtiva que movimenta a economia e gera emprego e renda no estado.

Nesta terça-feira (11), vaqueiros e profissionais ligados ao setor estão se mobilizando para pedir apoio ao governo de Pernambuco. Serão realizados protestos nos municípios de Carpina, Cachoeirinha, Garanhuns, Petrolina e Caruaru.

No recife, a concentração acontece em frente ao Jockey Club De Pernambuco, na Madalena. A expectativa dos organizadores é de contar com representantes de várias cidades, inclusive de outros estados. O movimento pró-vaquejada estima que os eventos geram mais de 120 mil empregos diretos e 600 mil indiretos no Nordeste. O presidente da associação de criadores de cavalo quarto de milha, Silvio Valença Filho, diz que a tradição não pode acabar:

O vaqueiro Rui Guerra, integrante da associação brasileira de vaquejada reclama dos ministros do STF. “Vale à pena mostrar o impacto social e econômico que o fim da vaquejada vai causar ao nordeste”. “Se os ministros viessem olhar uma vaquejada eles com certeza votariam a favor”, disse.

A VAQUEJADA

A prática conhecida como vaquejada consiste em soltar um boi em uma aérea fechada para que dois vaqueiros montados em cavalos tentam derrubar o boi pela cauda. Em muitos casos, o animal fica ferido e pode até ser sacrificado.

Mais Lidas