ENTREVISTA

PMDB comemora bons resultados em PE e pretende manter aliança com PSB

Presidente estadual do partido, Raul Henry, comemora ter 17 prefeitos e 15 vice-prefeitos de cidades importantes de PE

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 02/11/2016 às 10:25
Leitura:
Foto: JC Imagem


Em entrevista ao quadro Passando a Limpo desta quarta-feira (20) o presidente estadual do PMDB, Raul Henry, comemorou que o partido teve em Pernambuco o maior crescimento de desempenho nas eleições 2016 no país. Segundo Henry, o crescimento foi de 128%. "Conseguimos 17 prefeitos e 15 vice-prefeitos de cidades importantes, que são polo e tem importancia econômica, como Goiana, Palmares e Toritama. O resultado é o melhor possível, e o objetivo é continuar trabalhando para reforçar bancada em 2018", avalia.

Questionado se o bom desempenho faria o partido começar a pensar em uma maior independência ou se pretenderia manter a aliança com o PSB do governador Paulo Câmara, Raul alega que não. "Não vejo nenhum problema para que a egente continue andando juntos, nossa aliança é muito sólida", conclui.

Ouça aqui a entrevista completa:


Eleição em Caruaru

Na avaliação do vice-governador o pleito em caruaru foi uma derrota, mas está satisfeito. "Lá o projeto do PMDB naufragou. A gente achou que dava pra ganhar a eleição, porém houve uma abstenção maior dos eleitores de Tony Gel, mas eleição é isso. Tivemos um belo desempenho, um belo candidato, a gente tem que saber ganhar e saber perder. Estamos muito satisfeitos com nosso desempenho em Caruaru", comenta.

Educação

A respeito da proposta do Presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ao sugerir que Temer mude de Medida Provisória para projeto de lei a refrma do Ensino Médio, raul avalia que não deve mudar muita coisa, mas defende que reforma deve ser tratada como prioridade. "Eu acho que isso é um pretexto para radicalizar esse debate. O Brasil tem declinado em sistemas internacionais de avaliação, de fato é urgente e relevante tratar dessa reforma do Ensimo Médio e fazer no Brasil o que o mundo faz: um conjunto de disciplinas eletivas e um de obrigatórias. Esse debate está muito radicalizado por questões ideológicas e não pelo conteúdo dessa matéria."

Mais Lidas