REVOLTA

Ato do Ministério Público repudia aprovação do pacote anticorrupção

Ministério Público de Pernambuco protestou contra a modificação na hora do voto das 10 Medidas contra a Corrupção

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 01/12/2016 às 16:58
Leitura:
Foto: Ravi Soares/ Rádio Jornal

Um ato de repúdio a aprovação do pacote anticorrupção na Câmara dos Deputados foi realizado na tarde desta quinta-feira (1º), no Recife. A iniciativa foi do Ministério Público de Pernambuco, que convocou membros do MPPE, servidores e a população para o protesto.

O grupo se reuniu em frente ao prédio do Ministério Público de Pernambuco, que fica na Avenida Martins de Barros, no bairro de Santo Antônio, no centro da capital pernambucana.

O Procurador Geral de Justiça, Carlos Guerra de Holanda, leu uma carta em que reprova a desfiguração do relatório que ficou conhecido como as 10 Medidas contra a Corrupção. “A nossa luta é muito grande”, destacou. “As 10 medidas foram uma iniciativa popular. O Ministério Público foi às ruas prometendo, criando esperança para o trabalhador para que ele assinasse a ficha de adesão às 10 medidas”, apontou. “Hoje nós sentimos responsáveis não só pela defesa da população, por tratar-se de ações esdrúxulas, que não são democráticas, não representam o interesse da sociedade”, completou.

Confira os detalhes na reportagem de Ravi Soares:

Votação na calada da noite

O texto foi votado e aprovado no Plenário da Câmara, na madrugada dessa quarta-feira (30). Foram feitas várias modificações e das 10 medidas sobraram apenas duas na íntegra, além das emendas que forma feitas. O projeto segue agora para votação no Senado.

De acordo com os promotores e juízes, foi incluído um projeto que intimida e coloca em risco o funcionamento do Ministério Público e também do Poder Judiciário. Por causa disso, um novo ato vai ser realizado nesta sexta-feira (2), no Fórum Rodolpho Aureliano, no bairro de Joana Bezerra.

Mais Lidas