EDUCAÇÃO

Estudantes fazem música para promover o combate do Aedes aegypti

Ação conjunta no Dia D de Combate ao Aedes aegypti acontece em cinco escolas

Rádio Jornal Rádio Jornal
Rádio Jornal
Rádio Jornal
Publicado em 02/12/2016 às 11:12
Leitura:
Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal


"Vamos tirar água do pneus, vamos tampar a caixa. O importante é não deixar água parada"... Os versos rimados são de autoria de dois alunos da Escola de Referência em Ensino Médico Mariano Teixeira, que fica no bairro de Areias, na Zona Norte do Recife, e fazem parte da ação conjunta de cinco escolas estaduais no Dia D de Combate ao Aedes aegypti. O mosquito é o transmissor do vírus da dengue, chicungunha e zika, além de se reproduzir em locais com água parada. Saiba mais na reporgaem de Rafael Carneiro:

Os autores da música, José Wilker, de 17 anos, e José Jorge, de 16 anos, elaboraram a paródia para a apresentação na escola. "Até meus colegas mesmo gostaram muito da nossa paórdia e se inspiraram nela para acabar com os focos, tirar os pneus e fazer a limpeza nos quintais", diz Wilker.

O secretário de Educação, Fred Amâncio, acompanhou a ação dos alunos. "Nós acreditamos que os nossos estudantes são agentes fortíssimos de mobilização e disseminação da prevenção. Eles levam mensagens não só para a sua escola, mas para dentro das suas casas e comunidades", diz. "Essa época é a ideal para fazer essa ação, já que estamos no finalzinho do ano letivo, mas no início do verão", completa.

SEM AULAS

Na ocasião, Fred Amâncio comentou sobre as escolas ocupadas por estudantes que portestam contra a aprovação da PEC 55. O secretário promete que as aulas serão repostas. "São poucas escolas que estão ocupadas e nós estamos tentando manter o deálogo aberto com os estudantes e discutir a viabilidade de desocupação", diz. "Nossa maior preocupação é a retomada das aulas para não prejudicar a maioria dos alunos que estão sem aulas", afirma.

Mais Lidas